A guesthouse

Optou-se por esta solucao por ser mais apropriada a situacao. Gente conhecida de ha muitos anos, ela escocesa e marido ingles, pouca gente e atendimento extremanente personalizado. Ela incansavel, tem andado comigo para tras e para a frente, excelente cozinheira, bom sentido de humor e, acima de tudo, a 5 min do hospital.

Acima de tudo, a possibilidade de neste periodo de recuperacao estar a ser bem acompanhado e integrado num outro espaco que nao o habitual ou na frieza de um qualquer hotel, a contar as horas. Tem sido extremamente interessante para mim perceber e ouvir mais do que se passa actualmente na Africa do Sul, a partir de quem ja ca vive ha mais de 30 anos. Deles e dos filhos agora com 20 e 21 anos. Tem sido uma experiencia interessante. Ate para as fotografias da praxe… :P

O espaco tem excelentes condicoes, desde piscina a jardim, bons quartos, area de churrascada a serio, muita vida animal na area, muito verde, enfim extremamente relaxante e agradavel.

4 Respostas to “A guesthouse”

  1. ac Says:

    estou mesmo a ver que ainda vais dar cabo do outro menisco só para continuar a “boa vida” ;)
    Agora a sério: ainda bem que depois de tudo o que se passou alguma coisa agora corre bem!
    Beijinhos

  2. mph Says:

    Tens o teu fan, o thomas, a mandar beijinhos de melhoras. Quiz saber tudo acerca do joelho que “se´pitiu”.

  3. mph Says:

    Tens o teu fan, o thomas, a mandar beijinhos de melhoras. Quiz saber tudo acerca do joelho que “se´pitiu”. Quer saber se tens que agora andar a pé coxinho e muita devagarinho! Também se pergunta o que acontecerá quando se tem uma perna e um braço partidos ao mesmo tempo (deve ser bué de complicado, ao pé coxinho e de braço estendido!)

  4. miguel Says:

    ac, olha que nao calhou nada mal, nao… :P

    Lolllllll mph, esse Thomas e um espanto. Eu depois mostro-lhe o doi-doi (safaaaaaaa! coitado do puto!) Pois ando ao pe xoxinho, mas devagarinho nao consigo, nem de muletas… :D Beijinhos para o Thomas :)

Os comentários estão fechados.