Problemas tecnicos

Nao me tem permitido colocar aqui algumas das fotografias que fui tirando entretanto. Apesar disso, a diversao continua (parem de me mandar e-mails pa! So hoje, 47 da empresa…) por estas paragens. Hoje foi dia de piscina com um sol de rachar, com direito a escaldao, descanso e conhecer pessoas novas tao mas taooooooo interessantes! (Sera um dos efeitos colaterais de estar ha tanto tempo sem sair de Angola? :S)

O Zapiro continua em grande forma. Um dos melhores cartoonistas que conheco, a par de um Plantu, sempre na mouche. E com ele, a Africa do Sul que nao da quaisquer sinais de abalo com a mudanca de sistema, antes pelo contrario. Continua a fazer-me alguma confusao a forma como se vive por ca, em condominios completamente fechados, cheios de seguranca, aliados a niveis de criminalidade impressionantes e a forma como as pessoas reagem no quotidiano: life goes on as usual. Extremamente simpaticas, um espanto. Verdadeiramente.

6 Respostas to “Problemas tecnicos”

  1. Jo Ann Says:

    Eu morava num desses condomínios de Sandton, em Morningside. Estava a dois minutos de carro do condomínio do meu liceu (o francês). Saía de condomínio pra ir pra outro. A não ser ir na minha madrinha em Randburg ou na minha melhor amiga que morava em Mpumalanga numa quinta entre avestruzes e antilopes! :P
    Exotique, n’est-ce pas? ;)

  2. ac Says:

    “parem de me mandar e-mails pa! So hoje, 47 da empresa…” mas pensas que isso é assim… boa vida sem obrigações? tens que dar conta do recado e responder aos nossos emails (esquece os de trabalho), para além de postar aqui diariamente!
    Lollll beijinhos e diverte-te bastante
    (estou cá com uma inveja dessa tua vida de sol e piscina)

  3. maria Says:

    “Nao me tem permitido colocar aqui algumas das fotografias que fui tirando entretanto”.. Oba, vamos ver o menisco! LOL ;)

  4. miguel Says:

    Jo Ann, ici on n’a que des choses exotiques… :P Mas e um estilo de vida algo delicado e que hoje, em conversa com a M., me foi mostrado de forma muito mais real.

    ac, hoje foram so 34C eheheheheh. Mas agora esta uma trovoada daquelas!

    Hummmmmmm maria. O menisco, menisco, nao digo… :D

  5. Jo Ann Says:

    É mais surpreendente quando não se tá habituado… acho que passado um tempo, uma pessoa faz tudo automaticamente: as grades, o alarme, os fios eléctrico, o arame farpado, os muros altos… Faz parte do quotidiano. Eu já nem fazia diferença. Só quando passava em Pretória é que me dizia que afinal nós nos subúrbios chiques de Jo’Burg (como Sandton), não éramos totalmente normais e que viviamos com medo, mesmo inconsciente. É tipo carro, nunca mostrar que se tem carteira, tudo trancado, vidro levantado…parece paranóia, mas felizmente, nunca tivemos hijack nem fomos assaltados. O mesmo não posso dizer de alguns do meu liceu…

  6. miguel Says:

    Jo, e evidente que as pessoas habituam-se a tudo. A vida tem que continuar, com ou sem crime. Ou vai toda a gente embora ou arranjam formas de contornar a situacao o melhor possivel, nao e? :S

Os comentários estão fechados.