Gente interessante

Ao longo desta caminhada, volta e meia tenho a sorte de tropecar em pessoas com historias de vida completamente unicas. Jamais esquecerei a minha grande amiga Ann, belga da Flandres, ex-guerrilheira sandinista e do muito que conversamos na sua casa de Quelimane, Mocambique, horas a fio apenas com os miscaros que adorava fazer e o tinto sul-africano por companhia. Longas noites zambezianas.

Nesta passagem, o P. o qual acabou por revelar esta tarde mais uma das suas aventuras. Em 1989, encontrava-se na regiao de Peshawar, a dar uma das suas voltas antes de regressar a Inglaterra, apos quase 2 anos de vadiagem pela Asia. No local, conheceu uma reporter fotografica de guerra dinamarquesa a qual acabou por entrar ilegalmente no Afeganistao, na sua companhia. Falava-se entao na queda iminente da Cabul de Nadjibullah as maos dos mujaheddin. Disfarcados de afegaos, com as vestes tipicas e alteracao dos tracos nordicos/britanicos, foram largados de jipe junto a fronteira onde um grupo, a cavalo, os aguardava. Lograram atingir Cabul, mas com diversas baixas pelo caminho, por entre desfiladeiros com snipers e campos de minas.

2 Respostas to “Gente interessante”

  1. Jo Ann Says:

    De repente lembrei-me duma Ann belga do lado de Bruges qu conheci quando era catraia e iamos parar na Bélgica sem saber como :)

  2. miguel Says:

    Sim, esta Ann era especial. Muito. ;)

Os comentários estão fechados.