Bù!

E quando tudo corria às mil maravilhas…

… a Sonangol protagonizou aquela que terá sido, até ao momento, o primeiro grande desaire chinês por estas bandas com um largo e sonoro não. A Sonaref, nova refinaria do Lobito, na gaveta há já uns largos anos e cujo arranque estava em fase de forte aceleração através da parceria com os chineses, acabou por ficar ao largo após imposições por parte dos chineses consideradas completamente inaceitáveis pela parte angolana. Com lucros recorde superiores a 1.000 milhões de USD em 2006, segundo a imprensa nacional, prevê-se agora que a Sonangol avance sozinha para a concretização deste projecto recorrendo a alguns parceiros internacionais nalgumas áreas técnicas.

Uma resposta to “Bù!”

  1. Jo Ann v. Says:

    Uns números…

Os comentários estão fechados.