Diz lá “bro”?

“Para uns dá a sensação dos técnicos desta empreitada apertada, serem homens vindos de Trás os Montes, Portugal, localidade onde existem mais carroças de boi, para regular a carros.”
in Pasquim do Costume, 03.03.2007

Confesso que não passa, de certa forma, de um exercício de masoquismo este que me empurra para a leitura de tudo o que se publica por estas paragens, com carácter periódico. Situa-me nos mais diversos contextos. Das lutas intestinas. Dos artigos pagos. Das tiradas mais fantásticas e inimagináveis que se poderiam alguma vez ler, surgem inesperadamente aqui e acolá. Tudo aceitável. Até a detestável publicidade recorrente da igreja dos 10%, mas enfim, já que não têm qualidade suficiente para sobreviver pelas vendas e outro tipo de publicidade, os jornais vendem-se a quem lhes paga mais (alguma coisa).

Este fim-de-semana, mais um daqueles artigos bestiais os quais já só nos provocam gargalhadas a cada palavra lida. Cada frase é o sonho de qualquer cómico de stand-up, assim, dadas de borla, ao alcance de qualquer um. Normalmente, os seus autores, que evidenciam alguma dificuldade estrutural na exposição das suas ideias (e ao que vão, embora se perceba logo nas primeiras 5 palavras), provocam em simultâneo no leitor espasmos ininterruptos, ora de fortes gargalhadas (coitado do difragma) ora de vómitos que quase provocam a ejecção do estômago.

Quanto ao autor do artigo de onde foi retirada aquela passagem, valerá a pena dizer o que quer que seja?! Apenas tenho que agradecer o facto de, quando estou algo aborrecido, saber sempre qual o jornal a comprar para dar umas boas gargalhadas…

6 Respostas to “Diz lá “bro”?”

  1. Miguel Azevedo Says:

    Olá Miguel e demais convivas deste espaço. Agora de cá (Luanda)… o transito aqui é bonito, sim sr. Só visto… abraço,

  2. cat Says:

    :DDDD

  3. ac Says:

    a imagem que fazemos dos outros ‘e sempre curiosa!1 Aainda no outro dia um aadepto do Chelsea chamava a Espanha, pais do 3 mundo e depois de perceber que falava com um jornalista portugues diz para se justificar: aqui nao e como Portugal!
    Enfim, ainda bem que estas ccoisas sao pblicadas para deleite de todos os outros. A ignorancia de uns acaba por ser a gargalhada dos outros, nao e?
    (Aqui nao tenho acentuacao o teclado)

  4. miguel Says:

    Isto é o verdadeiro espanto. E agora está calmo :)

  5. pp Says:

    gargalhadas mesmo!!!! e das boas… lol alem da igreja dos 10% que ocupa paginas.

    Agora o Miguel A. ja le de ca e anda fascinado com o transito??

    [de prata:)

  6. Miguel Azevedo Says:

    Olá “de prata”. De cá e por uns tempos muito largos… o transito e poeira são o “ex-libris” da cidade… um verdadeiro IC 19 24h por dia…

Os comentários estão fechados.