Atropelamento

Aconteceu-me atropelar… À ida para a ilha, com a estrada cortada logo a seguir ao ex-Nando’s, tive que subir a Rainha Ginga, cortar na segunda à esquerda, contornar o Mirex, passar pelo BPC e curvar à direita para entrar na marginal. Com um acidente do lado esquerdo, um agente regulador de trânsito a tentar regular o caos, uma infinidade de cones em triângulo e eu a tentar esquivar-me a tudo até conseguir chegar à marginal. Apesar de ter conseguido e de estar a escassos metros de entrar na marginal, o agente mandou-me parar. Instantes depois bateram-me por trás sem qualquer dano, como pude confirmar após ter saído da viatura. Ao fazê-lo, reparei igualmente que tinha mandado um cone ao chão…

– O senhor viu o que fez?
– Eu? Fiz o quê? Bateram-me!
– Sim, o senhor atropelou um agente da autoridade. Esse cone que está derrubado no chão é meu colega, porque nós é que o colocámos aí!
– …
– Carta de condução e documentos da viatura.
– … (imperceptíveis os meus murmúrios)

Alguns instantes depois de ver os documentos – e não ter por onde pegar – lá os devolveu avisando-me para não repetir a acção porque aquele era também um agente da autoridade…

Miguel

18 Respostas to “Atropelamento”

  1. Mario Says:

    :) Esses agentes da autoridade em forma de cone são os melhores! Pelo menos estão caladinhos :)

  2. catarina Says:

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAH! Realmente, sem comentários! :D

  3. maria Says:

    Razão tinha o governo angolano: – Vamos redobrar o nº de agentes reguladores do trânsito!

    (Só que não disseram que eram em forma de cone! LOL :) )

  4. Jo Ann v. Says:

    hehehehehehehehe, Mangops! :)

  5. ac Says:

    Alguns aqui por estas bandas são mais para o paralelepípedo, mas com menos utilidade que esses cones :)

  6. pp Says:

    ora, e’ o que se chama trabalhar em equipa. :)

  7. kianda Says:

    LOL !!! A imaginação lunática dos mangolês … eu quando tava aí o ano passado tinha bué de cuidado quando estacionava pra não atropelar um agente da autoridade (em forma de cone) , ahahahaha !!!

  8. pp Says:

    lunatica?? eu diria fertil :)

  9. Emiéle Says:

    Miguel, depois daquela paragem tão prolongada deixei de cá vir. Hoje foi mesmo quase só para «matar saudades» dos teus posts antigos. E vejo que afinal «reabriste o blog» sem eu ter dado conta.
    Esta história é tão espantosa que (com a tua licença) a vou linkar a um post lá no meu estaminé.
    Não tenho andado lá muito bem disposta, mas dei comigo a rir alto, aqui sozinha… É o máximo!!!!

  10. Miguel A. Says:

    AAAAAHHHHHHHHHHhh, inacreditável. Isto nesta terra tudo acontece, nem que eu pague a porra do livro do meu bolso, isto tem de ser publicado para ‘o mundo’ ter conhecimento do quão fertil e ridicula pode ser a estupidez humana…

    De qq forma, bem melhor do que a forma utilizada pelo agente para me extorquir 2.000 kz no Golf… e que não teve metade da piada. Para mais tarde contar…

  11. miguel Says:

    Só de ler os vossos comentários também a mim me dá vontade de rir :DDD Realmente são situações insólitas e, desde já, obrigado Emiéle e se pelo menos serve este blog para te rires, vem cá muitas vezes :))))

    Miguel A., aposto que era um agente da BET, de óculos escuros, bigode, algo para o forte e que… enfim! E não te deu 30 Kz para o caso de te apetecer jinguba de lá até casa? LOL!

    Enfim, são muitas histórias. Já são muitos anos e certamente, estou cada vez mais inclinado a isso, que verão a luz do dia de alguma forma para além desta ;)

  12. miguel A. Says:

    Não, tinha bigode de facto, mas era não era esse com certeza… só que como eu tinha tudo legal e o rapazito queria $ à força, a coisa ia dando para o torto.

    Para evitar chatices de maior, lá lhe dei o $. Sem direito a troco para Ginguba… lol

  13. josé palmeiro Says:

    Miguel, estou aqui e bem, por culpa da Emiéle.
    Ontem não abria, mas hoje consegui e estou para dizer que achei imensa graça ao procedimento da autoridade. No Pópulo ao comentar acrescentei o que se faz por cá, por Portugal, de semelhante. Não andamos assim tão longe.
    Gostei dessa.

  14. miguel Says:

    Pois é miguel A., acontece. É uma estratégia demasiadamente comum, infelizmente.

    Olá josé palmeiro :) Obrigado pela visita. E pela informação que também aí se passam cenas do outro mundo. Um abraço.

  15. galrito Says:

    Essa historia do cone com bigode ou sem bigode até rima e o que se passa ai passa-se em todo o mundo, o que nao se deve passar ai é o que se passa em certos paises democratas, por exemplo eu vivo em LONDRES e os colegas dos policias tambem tao sempre caladinhos o que é certo é que teem sempre os olhos bem abertos pois sao as camaras em todo lado tudo é controlado o cidadao é vigiado passo a passo p`ra mim é bem pior que no tempo da ditadura.ai que saudades da minha rica ANGOLA

  16. miguel Says:

    galrito, todas as leituras são possíveis. Mas por cá, convenhamos que muitos polícias exageram na “dose”…

  17. miguel A. Says:

    E se falá lá disse é male… (ou algo assim) LLLLOLLL

  18. pp Says:

    LOL fiel companheiro, ate’ ja’ estas a ficar com sotaque!

Os comentários estão fechados.