Arquitectura em Luanda

sigmagroup2.jpg

Estive a dar hoje uma vista de olhos a um calendário do Sigma Group. Adorei uma boa parte dos projectos. Fiquei de boca aberta com o do Kinaxixi. O que aqui deixo, é uma boa amostra do que estão e se propõem fazer. Se não estiver errado, este é o que está a ser erguido actualmente na área do eixo viário. Vale a pena visitar o site do Sigma Group onde estão os seus projectos nas diversas áreas.

Miguel

PS-A nova sede da Sonangol, na baixa de Luanda, é um dos seus projectos.

25 Respostas to “Arquitectura em Luanda”

  1. pp Says:

    lol Chefe tb tem heliporto? e’ desta que eu comeco a voar pela cidade :)

  2. migas Says:

    Tens razão, Miguel! Vale bem a pena ver os projectos bem aliciantes em que esta empresa participa. Este é o do eixo viário sendo que, o que se constroi ao lado, é o Hotel Intercontinental (também vem no calendário e site). Esse sim, terá heliporto pp! Lol

  3. kianda Says:

    São lindos os projectos e deixando de lado a conversa que apetece (a mim) ter nestes momentos, sobre as definições de prioridades nos investimentos, mas deixando isso de lado e louvando o trabalho dos arquitetos da Sigma pergunto ao olhar para o projecto da Sede da Sonangol onde ficará todo aquele verde? Aquelas palmeiras? Deitaram abaixo a Bomba de gasolina? A Sede do MillenniumAngola? O Edificio é lindo, sim senhor, mas a maquete é genial ;-)

  4. miguel Says:

    pp é a nova grande moda. Estou curioso com os helicópteros que serão encomendados. E serão muitos… ele é heliporto no novo edifício da Sonangola, no da CIF, no da Eskom e por aí adiante.

    Sem dúvida migas. kianda, independentemente das definições de prioridades nos investimentos (penso que te referirás aos públicos) há que deixar às entidades privadas “mexer-se” com todo o impacto positivo que têm na economia e no deixar para a posteridade o bom momento por que passa Angola. Já quanto a maquetes, a mais genial é, para mim, a do Kinaxixi. Se visses aquilo… é visionário! Espero que se materialize (e que deitem abaixo o Tchechénia!)

  5. migas Says:

    Também concordo com o Miguel. Quando vim para cá, também pensava como a Kianda. Como é possível construir-se edifícios e condomínios de luxo, quando as estradas são um caos e as casas da população, não têm as mínimas condições. Depois, comecei a perceber que tem de começar-se por algum lado, certo? Ah, e o Hotel, a nascer bem ao lado desta imagem que o Miguel publicou, já tinha sido começado a construir-se à 30 anos atrás. As fundações, 30 anos depois, estavam de ser tirar o chapéu! Não somos assim tão maus, chefe Miguel! Lol… Quanto ao facto de o Miguel ter falado em investimento privado… xiii…é melhor é eu estar calada! :o)

    Mas claro que estas imagens em 3d são muito apelativas! Só não sei se o real terá tantas árvores! :o)

  6. miguel Says:

    migas, acredita que não penso tão mal dos engenheiros. Só de alguns. Daqueles que não exercem ou nunca exerceram engenharia e que, noutros ramos, se acham o máximo e que os outros são todos burros. E, repara, não são todos… Abomino, sobretudo, os que telefonavam para ti e, mesmo sendo colegas, não se coíbiam de dizer ao telefone “Aqui fala o Engenheiro Casimiro!”. E sem ser licenciado… Por isso, porque é que haveria de ficar espantado com tipos como o da Igreja Maná e afins? E nota que tenho trabalhado com excelentes engenheiros :) Mas não resisto a dirigir umas palavritas aos outros…

  7. kianda Says:

    Sim falava dos investimentos públicos (haverá privados?!). Pois Migas o começar por algum lado seria o subsolo, as entranhas da cidade, o saneamento básico…
    e Migas, os “alguns” do chefe Miguel são bué deles !!! :-D … há por aí uns ódios de estimação que “sai de baixo”

    P.S. Acho que vem aí chuva amanhã (aqui no rectângulo), espero que os Engºs tenham limpo as sargetas …

  8. Miguel A. Says:

    Claro que não existe um planeamento correcto em Luanda, nem em Lx tão pouco.

    Em Luanda ninguém parou para imaginar como será possivel circular do Kinaxixi para baixo, ou da Samba, dependendo do sitio por onde se entrar na cidade, com prédios com aquela volumetria: se hoje em dia já é como é, daqui para a frente só poderá piorar. Seerá como uma ilha dentro da cidade: quem puder evitar lá chegar, assim o fará. Dorte para o chefe, que trabalha (?) e mora por ali…

    No rectângulo, o planeamento é sempre feito à posteriori: tá bem que choveu um bocado, msa por amor de Deus, choveu umas 3-4 horas de madrugada: 3 mortos, centenas de desalojados, etc, etc.

    Por falar nisso: o parque de estacionamento que fica por baixo do consulado de Angola em LX ficou cheio de água, hoje ainda estavam a retirar carros de lá de baixo, que ficaram com água até ao vidro, mesmo junto aos puxadores das portas. Era vê-los a sair, um VW Golf, um Citroen Saxo (passe a publicidade), e os reboques ainda ficaram por lá…

  9. miguel Says:

    kianda, também não exageremos… lol. Acredito que se a engenharia tivesse muito mais mulheres, a classe seria completamente diferente. Aqui já começou a chover há cerca de meia hora e parece ser a sério.

    Pois é Miguel A., os anos passam e as consequências da inacção e da incúria, repetem-se. Mas porque é que nunca ficamos surpreeendidos? Quanto a Luanda, li no jornal, não sei se será uma realidade, que vão interditar o acesso à cidade (tipo limite no Cemitério do Alto das Cruzes) aos candongueiros para aliviar a pressão e a anarquia lol.

  10. migas Says:

    Miguel, como é óbvio, as minhas palavras eram pura provocação às publicações anteriores! :o) Ah, sabes que eu tenho um colega, engenheiro e seguidor da igreja maná… Há uns tempos contou-me que o tal a que te referias, tinha comprado um novo avião. Eu não percebo nada de aviões mas ao que parece a “coisa” era top! E anda aqui o pessoal a levantar-se às 4h da manhã… :o)

    Beijinhos

  11. migas Says:

    Ah… agora percebi que o ódio de estimação está relacionado com o género e não com a profissão… Ok, já vou trabalhar melhor! Lol

  12. kianda Says:

    LOL Migas … também acabei de perceber o ódio ao género LOL … para que conste dos autos tirei matemática :-D.

  13. kianda Says:

    Ahhhh … esqueci-me, a meteorologia deu tempestade mas até agora está um lindo dia primaveril, com o sol a brilhar e pelo menos, no meu, horizonte não há nuvens … No rectângulo ninguém acerta uma :-D

  14. miguel Says:

    Pois é migas, anda aqui o pessoal a levantar-se às 4 da manhã (4?!)… E ainda entregam o dízimo lol… Não tem nada a ver com o género, mas lembro-me perfeitamente dos nossos colegas das engenharias delirarem com as nossas colegas e de se queixarem da quase inexistência de mulheres nos seus cursos. Imagino que a ausência de mulheres no seu seio tenha efeitos secundários delicados…

    kianda, mesmo que fosses engenheira… :p Aqui também ameaçou mas foi chuva de pouca dura. Mas mais para o fim do dia, não sei não.

  15. Miguel A. Says:

    SERÁ VERDADE? PARECE-ME Q CHEIRA A CONCERTOS DA CASABLANCA… LOL

    Lisboa recebe mega-concerto humanitário a 17 de Maio

    Lisboa vai receber o World Peace One, mega-concerto humanitário que irá ocorrer a 17 de Maio, em dez cidades do planeta.

    A notícia é avançada hoje pelo DN que adianta que o Estádio de Alvalade deve ser o palco escolhido, embora as negociações não estejam ainda concluídas. Ainda não há bandas certas para o concerto de Lisboa, embora os U2 já estejam confirmados no evento.
    Beyoncé, The Who, Christina Aguilera, Tina Turner, Red Hot Chili Peppers e Shakira também já foram convidados. O DN refere ainda que uma conhecida banda britânica se ofereceu para tocar em Portugal.

  16. Miguel A. Says:

    Imagino que a ausência de mulheres no seu seio tenha efeitos secundários delicados.

    Chefe.. no seu seio? pensei q isto fosse coisa séria lol. Mas afinal em q pensavam vocês enquanto estudavam?…

  17. kianda Says:

    pelos vistos Miguel A., … nas mulheres que não estavam nos seus seios … :-DD … finalmente percebi porquê que anda por aí tão mau Sr.Engº !!!

  18. pp Says:

    ahahah as conversas sao como as cerejas, ora vejamos, falou-se de:
    arquitectura, heliporto, projectos alucinantes, investimentos, grande moda, imagens apelativas, engenheiros, mulheres, candongueiros, igreja mana, avioes, odio de estimacao, dizimo, seios, casablanca e maus engs.
    (lol ha’ sempre pano para qualquer comprimento de manga)

  19. Mukuolua Kinamatos Says:

    Angolanos e Angolanas,

    Consequência dos últimos comentários e das últimas conversas no blog REVOLUCAOEMANGOLA.BLOG.COM , foi escrito um artigo sobre o racismo em Angola no blog.
    Os membros deste Blog pretendem desta maneira discutir e analisar as origens, causas e consequências do RACISMO em Angola para que juntos possamos arranjar soluções para este assunto que ainda é muito delicado e que tornou-se quase tabu na sociedade Angolana.

    Angolano visita o blog e vem ajudar a combater esta doença que é o RACISMO em Angola!

    Paz,

    REVOLUCAOEMANGOLA.BLOG.COM

    ATENÇÃO : Podem participar!
    Quero lembrar que vocês, visitantes do revolucaoemangola.blog.com, podem participar com artigos, ideias, anúncios, etc., ao enviarem um mail para nós, revolucaoemangola@gmail.com. Ficaremos mais do que satisfeitos em pôr online e disponível artigos variados, desde que estejam dentro do contexto do que é este site.

  20. madalena Says:

    a arquitectura esta realmente a mudar em angola, novos projectos bue bala estão a surgir, isto e fixi. o edificio da sonangol então… é uma maravilha. sem falar no do mercado do kinaxixi.

  21. Carlos Says:

    Caros amigos e amigas.

    Fico muito satisfeito quanto se debate sobre a situacao actual da cidade de Luanda. Nao importa se as criticas sao boas ou mas, importa sim, que elas contribuam para a ajudar a encontrar a melhor solucao para os problemas k a cidade vive.

    A nossa classe de profissionais (arquitectos angolanos) tem se limitado apenas a opiniar sobre o k se faz de arquitectura em Angola, nao porque estes assim o pretendem mas, porque o panorama actual nos obriga.
    O que quero dizer e k o nosso papel na ”Reconstrucao Nacional” deste Pais, e o de meros espectadores…
    Angola necessita de fortalecer os seus quadros, nao de meros espectadores absortos pelas maravilhas da tecnologia da construcao Internacional.

    Para os leigos na materia tudo k parece bonito e aceitavel!

    Nao quero ver o Pais crescer a nivel de predios bonitos e projectos duvidosos, quero antes k as pessoas possam igualmente desenvolver-se intelectualmente na mesma proporcao.

    Abracos…!

  22. Pedro Silva Says:

    Olá a todos.
    Sendo esta a minha primeira participação neste blog, quero deixar registada a minha satisfação pela leitura do seu conteúdo.

    Tenho acompanhado, mesmo que à distância, grandes obras que estão a ser desenvolvidas em Luanda e “periferia”. São monumentais!

    Para cersir toda esta malha levará tempo mas, convém que seja planeada.

    Com um abraço,

    Pedro Silva

  23. Pedro Silva Says:

    Para ser mais preciso, falo do projecto para Benguela, o Blue Ocean.
    Gigantesco!!!

  24. miguel Says:

    Olá Pedro!

    Obrigado pelos comentários. Sem dúvida que alguns dos projectos que estão previstos para Angola são indubitavelmente gigantescos. Impressionam sobremaneira. A aguardar pelos desenvolvimentos futuros. É que, para além de alguns bem conhecidos, vai-se falando de outros que são simplesmente de outro mundo.

  25. Pedro Silva Says:

    Oi Miguel.

    Não tem que agradecer, no entanto agradeço a simpatia da recepção.

    Curiosamente tenho amigos que se encontram em Benguela, na área da construção e começam a aliciar-me à distância, para a enorme produtividade que se encontra na mesma.

    Quem sabe?

    ;)

Os comentários estão fechados.