No barbeiro

É um dos acontecimentos “sociais” a que acho piada. À entrada, uma mão estendida de alguém que já não via há algum tempo, o meu amigo K., da TPA. Afinal, vamos os dois ao mesmo barbeiro. Após a troca de cumprimentos e do então como estás? Há quanto tempo pá! o barbeiro perguntou ao cidadão que estava sentado ao meu lado, com o cabelo todo rapado, se também estava ali para cortar o cabelo o que, perante a evidente resposta, fez com que me perguntasse ao que ia. Pente 2, disse-lhe. E assim foi. Esfregado a álcool após o serviço feito. Um espanto de frescura. Voltando um pouco atrás, mais para o meio, tempo ainda para ouvir dois amigos cumprimentarem-se. Homens do ar. E que também já não se veriam há muito dado que o último a chegar perguntou ao primeiro como estavam os filhos. Ouviu, como resposta, que os filhos eram apenas um… E lá disparou o último uma daquelas frases divinais do tipo “mas o que é que andas a fazer? Estás a trabalhar mal! Andas distraído ou o quê?”. Não, respondeu, apenas tinha começado mais tarde… E os barbeiros cortavam o cabelo aos quatro sem dizer palavra. Outro, sem cliente, ia varrendo a barbearia. Televisão ligada no TVC1 mas o som que se ouvia era o da Rádio Nacional. Até que, de repente, fez-se silêncio. A Rádio Nacional anunciava “uma pequena remodelação governamental” de acordo com a nota de imprensa divulgada pelos serviços de apoio à presidência. O silêncio era total. O anúncio era grave. O Ministro dos Transportes, André Brandão, foi exonerado sendo nomeado para o seu lugar Augusto Tomás, ex-Ministro das Finanças e Governador da Província mais ao norte. Para o cargo de Governadora de Luanda, Francisca do Espírito Santo. E mais umas nomeações, menores. Concluída a leitura da nota, retomou-se a conversa na barbearia. E no Zimbabwe, como é que está a situação? Paguei, desejei boa noite e um bom fim-de-semana aos presentes…

5 Respostas to “No barbeiro”

  1. engricky Says:

    Por acaso tenho saudades. Em Portugal tb fazia por não faltar à troca d galhardetes trimestral. Aqui a proprietária do Salão faz-me um aceno crudial e um sorriso simpático quando me vê no aeroporto d Jo’burg. Tb não é mau…

  2. pp Says:

    ahahahahaha Chefe, de rolos??

  3. miguel Says:

    Como é que é essa engricky?!

    Desta vez, apenas desfrisei pp!…

  4. engricky Says:

    Em Braga cortava o cabelo d 3 em 3 meses, mas o ritual d trocarmos opiniões sobre quase tudo é q me levava a ir sempre ao mesmo (um q ainda existe na rua da E.S. D. Maria, conhece?).
    O Chefe nunca foi à cabeleireira do Shopping? A gerente do Salão é uma Sra muito simpática.

    P.S. Crudial parece d crude :) Curdial sff

  5. engricky Says:

    Irra: Cordial!

Os comentários estão fechados.