Carabinieri

foto: Max Rossi/Reuters

Se há país que “idolatro” é a Itália. Do que conheci, graças a alguns bons amigos italianos que me mostraram o seu país visto de dentro, é quase o paraíso na terra. Os tipos são completamente de outro planeta. Têm tudo a ver com o que aprecio na vida: bom vinho, boa comida, país lindíssimo, a desorganização organizada, a elegância das gentes, a arte, as cidades, enfim… tudo simplesmente divinal (ou quase lol). Por tudo isto, quando vi esta fotografia e li nos escudos dos polícias de choque carabinieri, desatei-me a rir pois a cena só podia ser italiana. É que não me lembro de alguma vez ter visto o “chefe” de pelotão de qualquer polícia de choque ou de intervenção com capacete de protecção, bastão na mão, rádio ao peito, de blazer e gravata! Ma che cazzo?!…

19 Respostas to “Carabinieri”

  1. maria Says:

    Chefe é chefe :D

  2. Jo Ann v. Says:

    Dizia o mano Willie no filme “Men in Black”: ‘the difference between you and I, is that I make this look good” ;-)

  3. kianda Says:

    Tb eu, tb idolatro (acho que sem aspas) a Itália! Já conheço Milão, Roma, Florença e Piza, qual delas a mais linda (Florença, acho) e viagem de sonho q tá na agenda é Sardenha !!! Eu junto as sandálias à tua lista. Homens e mulheres muito bonitos e sempre elegantes. Design é Itália, não só roupa mas mobiliário! E podia contiuar continuar continuar…

  4. migas Says:

    Ai Sardenha Kianda… Posso ir contigo? :o) Eu também me junto ao clube e mais, já ponderei viver lá. Ou melhor, estudar lá. Mas depois as bolsas e tal… Portugal não estava muito interessado em “intercâmbios” de pós-graduações em reabilitação. E pronto, a ideia ficou-se pelos contactos com o director do curso, algures numa faculdade de Pescara. Ai a comida, ai a arte… :o)

    Quanto “às gentes” oh pá, nunca vi lá ninguém com pinta, ao contrário da minha imaginação. Mas também só conheço Roma, Nápoles, Pompeia e a terra dos limões gigantes… ah ah ah :o) Mas, desde que um amigo que estudou em Milão me disse que as colegas italianas lavavam o cabelo na pia da louça todos os dias mas, o resto do corpo, está quieto… perdi o encanto e fiquei a pensar que deve ser mais a embalagem do que outra coisa… Digo eu.

  5. miguel Says:

    Eu achei a imagem mesmo demais :p Apenas entre guimets porque me parece ser uma expressão algo excessiva. De qualquer maneira, conheço parte do norte (Bolonha e Modena), Roma e a Sardenha. Esta última é realmente do outro mundo. Foi aliás na Sardenha que vi, pela primeira vez na minha vida, um par de mamas siliconado numa loira com tranças à índia. Isso e iates que nunca mais acabavam. E carros de alta cilindrada, motos e os gajos todos muito iguais. Tudo muito moreno, tudo com a mesma marca de sapatilhas (dedicado à malta do norte que aqui vem), etc e tal. Mas outro mundo. Porto Cervo e a Costa Smeralda são algo de excepcional. Isso e a insanidade mental reinante. Deles. Das famílias. Dos amigos.

    Das gentes. O teu amigo teve azar migas. Conheci com cada italiana de cair para o lado. Simplesmente. E havia de tudo e para todos os gostos e feitios. Elas e eles são divinais, diria eu. Mas, como em todos os povos, há de tudo. Diria apenas que me parecem um bocado os brasileiros da Europa, na perspectiva do cuidado que a si se dedicam – elas em particular.

  6. maria Says:

    chefe, olha que as angolanas tb se cuidam bem. ;) Um exemplo? Ludviana. :D

  7. kianda Says:

    claro q podes migas [apesar de nem um bilhete no alfa quereres pagar p/ conheceres esta beldade n/italiana ;-) ] !!! E tb acho que o teu amigo teve azar. E acho que o homem italiano tb cuida de si.
    Em relação à expressão, no que à Itália diz respeito, não acho exagerada.

    P.S. – não digo que os homens valorizam um bom par de mamas (mesmo de silicone) para além de tudo o resto ;-)

  8. miguel Says:

    Eu não valorizei kianda lol. Fiquei foi logo vacinado contra mamas reforçadas com silicone.

    lol maria.

  9. migas Says:

    “E acho que o homem italiano tb cuida de si.”
    Kianda, podes tratar-me por “tu” e, não… nenhum homem italiano cuidou de mim. ah ah ah Podes bater-me que eu hoje estou chatérrima. :P

    Quanto ao bilhete, estamos conversadas! Faz uma birrinha, please! :o)

  10. engricky Says:

    Vacinado contra mamas reforçadas? Q é isso Chefe? Essa vacina não existe, é invenção dos “amaricanos” :D
    Eu tenho um fascínio pelo sotaque e pelo timbre delas. Uma vozinha rouca a sussurrar “Facciamo l’amore qui” (pronto… hoje já não comento mais nada q a coisa está braba)

  11. maria Says:

    Eu tenho um fascínio pelo sotaque e pelo timbre delas. Uma vozinha rouca a sussurrar “Facciamo l’amore qui”
    “Prontes”, o engricky já estragou o post. :D Tavamos a falar de roupa, mobiliário, esculturas e belezas naturais italianas….Não era chefe? :D

  12. kianda Says:

    Pois maria sabes como é o eng, não se pode falar ou mostrar, sejam elas reforçadas ou não, é logo qui! LOL.

  13. emiele Says:

    Também posso dar a minha opinião, posso?
    (bom o fatinho e ele a apertar o botão, ainda por cima, é mesmo o máximo!)

    Mas, visão feminina, em cada 10 italianos encontrei uns dois que não seriam grande coisa, os outros 8 eram sempre um espanto. Lindos mas lindos!
    Migas, essa coisa da higiene, eu cá não sei, não. Há bastantes anos, quando eu andava mais pela Europa, gente asseada éramos nós, o resto era mentira. Todos. portanto o melhor era nem pensar nisso.

  14. Ricardo Says:

    comlissenssa… posso?

    tava a ler a os comentarios tipo na transversal… e deparo-me com expressões… “bastão na mão… bom par de mamas… limões gigantes… silicone… Facciamo l’amore qui…” – atão?? isto há gente aqui que ainda toma miluvit e cerelac… e tun tun com mel e figos!! á pois é… meuz amiguzz.

  15. migas Says:

    Emiele… :o) E, temos de admitir que é diferente viver na mesma casa com certas nacionalidades do que apenas conhecer os países e ter alguns amigos de lá (mas nunca ter vivido na mesma casa). Eh pá, para mim isso já foi um pesadelo… :P

  16. AC Says:

    Digam o que disserem é ali que conhecemos das melhores demonstrações de povo latino…

    Dos representantes do norte, lavados e perfumados e com um estilo invejável ao bronzeados do sul – Itália tem uma diversidade de cores e estilos que nos diverte e encoraja a conhecer cada vez melhor!

    E depois conseguem sempre surpreender-nos…

  17. Ricardo Says:

    bom… conheço italia como ninguém… cus meus 18 aninhos conheci tudo de norte a sul… inter-rail. qto ás pessoas… bem tem de tudo… Roma è la città più bella del mondo, ma non i Romani… mas confesso que não gostei nada da malta do sul, incluindo roma.

    em milano fui assaltado. em veneza cai da gondola á agua. em roma espatifei um carro alugado. em génova uns italianos amigos meteram-nos num autocarro diziam ‘arriva da dietro e non sono pagate’… e pronto o cobrador chamou a policia… portanto o unico sitio que correu bem foi em pisa e em firenze.

    mas porra… agora quando lá vou… não sei, mas acho os italianos meios amaricados… mas confesso que as italianas com cabelos pretos e olhos azuis sono una cosa béllissima… ragazzo di me ride? (porque é que acham que espatifei o carro?)

  18. engricky Says:

    Eu estou com Emiele, asseados somos mesmo nós.
    E estou com a Migas, viver com malta de outras nacionalidades requer muito tacto.
    Ah, e estou com a Maria, estraguei quase toda a natureza do post.
    Não estou com o Ricardo porque ele caíu ao canal em Veneza e deve ter estado o dia inteiro na banheira para tirar aquele cheiro :DDDD
    Estamos juntos ;)

  19. tecas Says:

    LInda!! Firenze

Os comentários estão fechados.