Da incontornabilidade

Do meu ateísmo.

A “mulher” é intragável e nunca percebi de forma tão clara, como agora, as graves consequências do foro psicológico provocadas pelas “mézinhas”, popularizadas pela liberalização do culto religioso sob a forma de supermercados da fé…

4 Respostas to “Da incontornabilidade”

  1. catarina Says:

    A fé é lixada…

  2. miguel Says:

    É cega, é! Por mim na boa, desde que não me chateiem. Quando me toca a ter que aturá-los, é mesmo por muito pouco tempo. Nem que tenha que ser à bruta como quando lhe disse para estar à vontade porque o meu ateísmo era à prova de bala lol!

  3. pp Says:

    lol 10% irmao?

  4. miguel Says:

    Nem mais…

Os comentários estão fechados.