À luz do dia

Do outro lado do Atlântico, tipos espertos criaram os seus esquemas Ponzi os quais lhes permitiram viver em grande à conta da ganância alheia. Aliás, não deixa de ser irónica esta vertente antropofágica da dita. Do “nosso” lado, é a “excelência” revelada, qual novela, pelos episódios do dossier de um banco que se dizia de negócios…

7 Respostas to “À luz do dia”

  1. AC Says:

    seja como for, não deixa de ser irónico que do outro lado, depois de tantos estalos na cara e de mil e um SOX’s e afins, se revelem casos tão ou mais graves que os ocorridos do lado de cá, onde o controlo supostamente é menor…

  2. emiele Says:

    Mas na nossa escala não tivemos uma «Dona Branca»?…

  3. Cristiana Says:

    ola! encontrei o teu blog, pesquisando coisas sobre “viver em Luanda”, pq estou indo para lá em trabalho, gostava de saber, enquanto branca e mulher, quais os “riscos” que corro, e qual o melhor supermercado para fazer compras( pq ja sei que tudo é mto caro). Se me puderes ajudar! :)obrigado

  4. miguel Says:

    ac, falo concretamente do que tem sido noticiado mais recentemente, nomeadamente dos supostos levantamentos de milhões ao balcão sem qualquer registo…

    emiele, tivemos! Mas ela era a “dona” e estes tipos, quem eram?!

    Olá Cristiana. “Riscos”? Depende… Mas o maior de todos ainda será a enorme comunidade branca masculina que suplanta, de longe, a do sexo feminino! O melhor supermercado?! Hummmmm o que tem tudo, ou de tudo um pouco do que aí há, é mesmo a Casa dos Frescos (também é a mais in, etc e tal).

  5. pp Says:

    olha, olha! es mesmo azul clarinho ;)
    compras e’ no katiton, e’ mais out.

  6. miguel Says:

    kaquê?! Com ton só mesmo o regaton… lol

  7. maria Says:

    Chefe, essa comunidade branca masculina tem muita q se lhe diga. :D
    Oh chefe, pronúncia lá Shopping Katiton? :) ( E se for com pronúncia do Norte tem mais style. :D ) Agora, shopping Casa dos Frescos?!… Kê? :D

Os comentários estão fechados.