6 verdades, 3 mentiras

A Emiele “apanhou-me” nesta. Ora vejamos o que sairá daqui…:

1. Contrariamente ao que é habitual, “parti” a cabeça pela primeira vez aos 22 anos, em circunstâncias inenarráveis.

2. Em desporto, sempre abominei a competição. De tal modo assim era que entrava em stress absoluto e, a contragosto, acabava por participar. Uma vez, na piscina do Areeiro, após o disparo para a competição dos 50m livres, ia de tal forma a alta velocidade e compenetrado em ganhar que não vi o fim da piscina tendo embatido violentamente contra a parede. Mesmo assim, consegui terminar em 2º lugar.

3. Sou “anormalmente” descontraído. De tal modo assim é que quando fui apanhado completamente nu, em cima da cama de um quarto na residência feminina da universidade francesa onde estava, no quadro do programa Erasmus, fiquei exactamente como e onde estava perante o embaraço de quem não estava à espera de encontrar alguém.

4. Graças à prática de desporto desde jovem e algumas qualidades/capacidades fora do comum, acabei por fazer a tropa nos para-comandos. Ao longo do período que ali estive, a missão que constituiu o maior desafio foi a da Bósnia-Herzegovina onde permaneci quase um ano.

5. Há dois elementos que me seduzem fortemente desde novo: a água e o ar. Mais jovem, o passatempo de verão era saltar das pranchas para a água. As duas melhores sensações que tive até hoje, talvez também pela “tenra” idade das ocorrências, foram quando saltei da prancha de 11 metros e de cabeça da de 6 metros.

6. Sempre gostei de desenhar, desde que me conheço. Por motivos vários, acabei por seguir outro rumo não sem antes ter sido convidado a participar numa exposição, aos 21 anos, a qual foi um sucesso ao ponto de quererem comprar alguns dos meus trabalhos.

7. Sportinguista de nascença, treinei juntamente com o Figo até chegar à conclusão que safar-me-ia melhor com outra profissão que não a de futebolista. Para além disso, abominava a obrigatoriedade dos treinos e imposições da equipa técnica.

8. Ia sendo preso no aeroporto JFK, em Nova Iorque, por ter respondido a sorrir, à pergunta se levava comigo armas, explosivos ou algum outro material perigoso, que para além de duas granadas, alguns explosivos e uma faca não tinha mais nada comigo.

9. Nos últimos campeonatos nacionais de judo em que participei, só não fui campeão porque ao tentar derrubar o meu adversário com um de ashi barai, entusiasmei-me de tal forma que acabei por ser derrotado imediatamente a seguir por ippon.

Este desafio é giríssimo, pelo que optei agora, depois de bem jantado desafiar os seguintes companheiros:

1. A Catarina do 100 nada! (pensavas que escapavas? lol)
2. O Engricky, cuja imaginação fértil promete!
3. Olá Migas lol! Quanto mais não seja, ver se és mesmo só culinária…
4. Aos Fiéis – como é que se vão ordenar? – pela sua heterogeneidade ;)
5. A Ameixinha… Tal como a Migas, o que se esconde atrás de uma receita mirabolante?
6. A Zen, autora de um blog que me seduziu por diversos motivos enquanto a autora por ali andava.
7. A Kianda que me parece achar um piadão a estes mambos ;)

E fico-me por aqui…

19 Respostas to “6 verdades, 3 mentiras”

  1. Jo Ann v. Says:

    Epa que é duro !

  2. catarina Says:

    devias ter metido a da faca na perna. :D

    eu não respondo (mas está fácil, de qq forma)

  3. maria Says:

    ahahahahah… chefe, verdade ou mentira já me fartei de rir :D

  4. emiele Says:

    Vou tentar:
    Palpita-me que a
    4
    6
    e talvez a 3.
    Ou será a 1? Isso de ‘esperar’ até aos 22 para partir a cabeça é estranho…
    :)
    Vamos ver se acertei nalguma!

  5. engricky Says:

    4, 6 e 7. É a minha aposta. O Figo nunca me falou do Chefe. :D

  6. pp Says:

    eu aposto q nos estas a tentar enganar com a 4, 6 e 7 :D

  7. miguel Says:

    ahahahahahahah o que já me estou a rir com isto!

  8. emiele Says:

    Tem piada que quando «enviei os convites» hesitei ente ti (tinha dúvidas se aceitavas) e a Kianda porque estava convencida que ali tinha resposta. E não a conheço!!! Mas ‘cheirava-me’. E tu que a conheces dizes que é sujeita para achara graça :)
    Também nem pensei em mandar à Catarina porque tinha a certeza (???) de que me mandava dar uma volta! E pelos vistos…

  9. miguel Says:

    Os que aqui arriscaram algo, nenhum acertou. As mentiras são 4, 7 e 9 :p

  10. miguel Says:

    Ameixa Seca, lol, só agora é que reparei que já tinhas respondido ao desafio ahahahahahahah! (ca desgraça…)

  11. miguel Says:

    Notas (bem vistas as coisas, isto lido a seco dá azo a diversas interpretações lol):

    1. A tentar apagar a luz sem sair da cama, num movimento de partida de natação em estilo costas…

    2. Não gostava de competição mas, uma vez lá, era para vencer. Como já via mal na altura, concentração e má visão em piscina alheia, deu naquilo.

    3. O quarto era da minha namorada que estava escondida atrás do armário. O tipo que entrou no quarto com uma chave mestra era da manutenção da residência…

    4. Treta utilizada aqui e acolá nestes anos de África. Em ambientes onde a guerra foi uma constante, deu algumas vezes jeito deixar alguns interlocutores na dúvida.

    5. “Voar” aos 12/13 anos é uma das melhores sensações que se pode ter. O tempo que se demora a chegar à água é impressionante.

    6. Esta foi, sem dúvida, uma experiência gira e totalmente inesperada. Ao longo dos anos, enquanto desenhei, fui dando alguns desenhos a pessoas especiais.

    7. Lol!…

    8. É o que dá ser parvo. Ou achar que os avisos na parede e as perguntas são perfeitamente imbecis. Até perceber que, muito provavelmente, para processos judiciais “incólumes” seja necessário constar que a pergunta foi feita ao “réu”.

    9. Nunca participei em campeonatos nacionais. Mas em “sessões de convívio” com atletas de outros clubes, preparatórias para competição a valer, aconteceu-me mesmo isto no meu primeiro combate. Dei-lhe bem mas sem o resultado pretendido e quando dei por mim estava a bater com as costas no chão após uma técnica que me foi muito bem feita.

  12. maria Says:

    Chefe, ainda tou “de carnaval”. :D Agora já percebi o e-mail q a pp me enviou. : )
    pp ;) ok, vamos lá a isso…

  13. The truth, the all truth and… 3 little lies ;) « Churra na jante Says:

    […] The truth, the all truth and… 3 little lies ;) Em resposta ao desafio do Chefe: […]

  14. kianda Says:

    Que situação … ainda não percebi se curtir esses mambos abona a meu favor ou não … mas se calhar prefiro ficar na ignorância ;-)
    O Miguel só me vai conhecendo daqui emiele, exactamente como tu, pode é fazer melhores ou piores leituras … e qdo vi pela primeira vez este mambo :-) das 3 baldas em 9 achei que era preciso imaginação e acto continuo … que eu nunca seria capaz !!!

    Neste momento penso se vocês me conhecem melhor do que eu me conheco a mim mesma ou se a minha vida foi tão vazia até agora que eu não consigo inventar verdades?! … neste momento sinto como um desafio … vou pensar nisso :-)

  15. cat Says:

    caneco…eu não tinha visto a parte do desafio! só meteste depois, que batota!

  16. miguel Says:

    lol kianda, surpreende-nos! :p

    cat, e tu não sabes que eu sou, por natureza, batoteiro? ;)

  17. Miguel A. Says:

    Epá, quando o chefe ou a fiel companheira (os unicos que conheços destas vidas) me ensinarem a postaar, prometo que cumpro a parte dos fieis…

    lol

  18. miguel Says:

    pp, ajuda aí o Miguel A.!

  19. pp Says:

    lol
    fiel companheiro (e pela milesima vez) vai la’ aos fieis e carrega no ctrl alt del.

Os comentários estão fechados.