Greve

Foi hoje, greve dos taxistas devido à entrada em vigor hoje, 1 de Abril de 2009, do novo código da estrada. Notou-se bem a diferença. Pena é que não façam greve todos os dias, pelo menos na parte urbanizada de Luanda já que é inequívoco o importantíssimo papel social que desempenham nos bairros onde só eles se atrevem a circular…

Sobre o novo código da estrada, são inúmeras as alterações entre as quais destacamos: obrigatoriedade de uso do cinto de segurança de todos os passageiros das viaturas em circulação, menores de 12 anos têm que andar sempre no banco de trás em cadeira especial, proibição de falar ao telemóvel, instalação de radares e aplicação de multas por excesso de velocidade, operações stop com controlo de alcoolémia, (aparentemente, segundo me disseram) obrigatoriedade de usar colete reflector em caso de acidente ou avaria quando se sai da viatura na via pública, obrigatoriedade de extintor e obrigatoriedade de seguro automóvel. The last but not the least, inspecções obrigatórias. Será desta que os veículos já mesmo nas últimas deixarão de ser importados para Angola? E que sairão da estrada veículos que jamais deveriam andar na via pública?

Já só faltam os parques de estacionamento…

5 Respostas to “Greve”

  1. emiele Says:

    Essa questão dos carros a cair aos bocados que insistem em andar, é também uma questão grave, por cá. Apesar do incentivo de se receber 5.000€ por um carro com mais de 10 anos abatido, ainda circulam muitos que é um dó vê-los…
    Mas também é enervante ver tantos abandonados a ocupar lugares de estacionamento que fazem falta. Os donos, em vez de os mandar abater, simplesmente abandonam-nos mas em sítios que podiam ser usados para arrumar carros que ainda andam. É das coisas que me irrita e muito!

  2. pp Says:

    grande dia ein!

    o extintor nao e’ obrigatorio.

    (olha a emiele a atirar ideias para mais um negocio lang) ;)

  3. miguel Says:

    Ainda andam por aí emiele? Pensei que já estivessem arrumados…lol

    Obrigado pela info pp.

  4. ac Says:

    claro que se irão adaptar às novas regras… afinal os tugas também se adaptaram de uma forma geral ;)
    Mas depois diz-me qual das medidas os angolanos aderiram mais rápido. Nunca percebi como a adesão dos tugas ao colete reflector foi tão rápida! Até os bancos dos carros andavam decorados com o colete!
    Hoje temos um problema quando vemos alguma pessoa parado numa via pública com o seu belo colete reflector: policia, homens das obras na estrada ou condutor com problemas no veículo?

  5. miguel Says:

    As medidas que mais rapidamente foram adoptadas pelos angolanos foram, sem dúvida, o cinto de segurança, deixar de falar ao telemóvel e os putos lá atrás. Fiquei deveras espantado!

Os comentários estão fechados.